• Geral 07/07/18 | 09:12:48
  • Capinzal: Vila Sete de Julho completa 35 anos
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Rádio Barriga Verde
  • Foto: Antonhinho Sartori


Hoje é aniversário da Vila Sete de Julho de Capinzal. Construída há 35 anos para abrigar as famílias que perderam suas residências na enchente de 7 de julho de1983.


A região mais atingida foi a extinta Vila Beira Rio, onde hoje é a Área de Lazer Dr. Arnaldo Favorito, em Capinzal. Cerca de 100 famílias moravam nas mais de 90 residências. Os moradores tiveram suas casas levadas inteiras pela força da água.


De acordo com o historiador Antoninho Sartori, tudo começou no dia 04 de julho com um vendaval acompanhado de chuva forte e continua que continuou até o dia 07 de julho quando as águas do Rio do Peixe saíram de seu leito e invadiram as ruas centrais de Capinzal e Ouro.


O Rio Capinzal que corta o centro da cidade e desemboca no Rio do Peixe, foi sendo represado e suas águas subiam a medida em que subiam as águas do Peixe. As famílias, e comerciantes tiveram seus imóveis alagados. As estradas e rodovias da região foram interditadas.


A antiga Ponte Pênsil Padre Mathias Michellizza não resistiu a força da águas e foi levada pelo rio.
As famílias desabrigadas eram alojadas em residências de amigos, parentes ou então no Ginásio de Esportes e no Salão Paroquial e no antigo FPS da Perdigão.


Na noite do dia 06, a energia foi cortada e a chuva não parava. O Rio do Peixe inundou o centro da cidade rapidamente. Os moradores da Beira Rio foram surpreendidos por volta das 05 horas da manhã do dia 07. Mais de 80 casas foram levadas. Pouco pode ser retirado das residências.


Ouça:

 

Os prejuízos foram incalculáveis. Mais de 70 residências desapareceram das margens do rio na rua Beira Rio, e mais de 100 famílias ficaram desalojadas. Centenas de pessoas ficaram desabrigadas. O comercial da cidade foi invadido pelas águas o que causou perda de produtos e estoques. O sistema telefônico ficou destruído. Foram aproximadamente 60 dias para o retorno da normalidade.


O prefeito de Capinzal da época, Celso Farina, adquiriu uma área de terra nas proximidades da chamada Estrada Velha, de propriedade do advogado Lourenço Brancher. Com material doado por uma empresa construtora de barragem, dezenas de casas pré-moldadas foram construídas no local. Nasceu assim a Vila 07 de Julho, instalada em maio de 1984.
A família da senhora Noêmia Mombach, foi a terceira a se instalar na Vila Sete de Julho. Ela conta o que lembra deste episódio que marcou a vida de milhares de pessoas.

 


Ouça:

 

comentários