• Geral 09/11/18 | 08:16:28
  • Confira: lista com sites que consumidor deve evitar na Black Friday
  • Lista suja tem 419 plataformas que já receberam reclamações
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Rádio Barriga Verde
  • Foto: Divulgação/Ilustrativa

Com a aproximação da Black Friday, promoção mais esperada do ano, com grandes descontos, diversos sites de compras estão em uma relação extensa de re reclamações registradas nos postos de atendimento do Procon de todo o Brasil.

Diante dessa situação, o Procon de São Paulo divulgou uma lista com 419 sites que o consumidor deve evitar na campanha que Black Friday, campanha que ocorre no dia 23 de novembro.

Na "lista suja" do Procon estão plataformas que receberam reclamações registradas no órgão fiscalizador, foram notificados, não responderam ou não foram encontrados.

Na última edição da promoção foram feitas mais de 2 mil queixas por consumidores. Dos 419 sites listados, apenas 167 estão ativos. As outras 252 empresas estão fora do ar. Roupas, sapatos e smartphones vão ser os produtos mais procurados.

É importante que o consumidor confera se o site é confiável, se informa claramente nos canais para SAC como telefones, e-mail e se disponibiliza o CNPJ e endereço para correspondência, que poderão ser usados em futuras reclamações ao órgão.

Acesse a "lista suja" completa aqui

comentários