• Polícia 02/06/18 | 11:03:05
  • Aceitada denúncia contra motorista que atropelou pedestre em Capinzal
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Michel Teixeira
  • Foto: Michel Teixeira

Capinzal - O juiz Daniel Radünz aceitou denúncia do Ministério Público contra o condutor que, dirigindo sob efeito de álcool, atropelou uma pedestre no Acesso Cidade Alta em Capinzal. A decisão interlocutória ocorreu nesta sexta-feira (01) após o oferecimento da denúncia pelo Promotora de Justiça Substituta Caroline Regina Maresch.

O fato ocorreu no dia 11 de novembro de 2017, por volta da 19h, nas proximidades do Mercado Borin. No local a PM constatou que uma caminhonete S-10 com placas de Capinzal, conduzida pelo denunciado, de 25 anos, atingiu uma pedestre fora da via provocando uma lesão na vítima de 23 anos. Ela foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital Nossa Senhora das Dores de Capinzal.

Posteriormente, precisou ser transferida ao Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) de Joaçaba. O condutor do veículo, conforme a PM, apresentava visível estado de embriaguez (exaltação, odor etílico e falante), e ao fazer conferência de documentos constatou-se ainda que estava com o seu direito de dirigir suspenso. Oferecido a ele o teste do bafômetro, foi recusado. Recebeu voz de prisão, o veículo foi removido junto ao pátio credenciado e o homem conduzido à delegacia de polícia de Joaçaba para o flagrante.

A justiça estipulou fiança de 20 salários mínimos, mas a defesa requereu a diminuição, tendo o magistrado reduzido para sete salários, a qual foi paga e ele liberado.

 

comentários