• Polícia 03/11/18 | 10:40:26
  • Acusada de matar marido queimado será julgada em Capinzal
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Fonte/Autor: Rádio Barriga Verde
  • Foto: Rádio Barriga Verde

Capinzal - O juiz Daniel Radünz designou a data para o julgamento da mulher acusada de atear fogo na casa com o marido dentro no interior de Ipira. O júri popular de Solange Stein Danebrock está marcado para o dia 09 de novembro, às 9h no Centro Educacional Prefeito Celso Farina em Capinzal. A defesa da ré é feita pelo advogado Marco Antônio Vasconcelos Alencar Júnior. Segundo ele, o caso de Solange é emblemático de uma mulher que teria vivido por longo tempo sendo vítima de violência doméstica.

Segundo o processo, no dia 29 de agosto de 2012, durante a noite, Solange teria misturado ao suco do marido, Altair Carlos Danebrock, dois comprimidos para dormir. Enquanto Altair dormia, a ré teria ateado fogo na casa. A vítima morreu carbonizada. Solange Stein contou aos policiais que estava cansada da atitude agressiva de Altair, por isso decidiu por fim ao sofrimento, tirando a vida do companheiro.

Solange chegou a ser presa em Joaçaba, mas obteve o direito de responder o processo em liberdade.

comentários